Ir para o conteúdo

Blog da Cultura

Our Latest News

Já ouviu falar da gíria woke?

Cultura Inglesa
13 de maio de 2020

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline!

Se você gosta de estar com o inglês afiado, isso inclui conhecer palavras que fazem parte da linguagem falada, por vezes restrita a ambientes mais informais. Claro que aprender um novo idioma é muito mais do que saber vocabulários avulsos.

Trata-se do resultado de um processo de aquisição e aprimoração linguística que não acontece da noite para o dia. Por outro lado, esse processo de aprendizagem de uma nova língua não pode deixar de contemplar aquilo que é dito no dia-a-dia do “mundo real”.

Diante disso, a gente quer saber de você: já ouviu as gírias “woke”, “stay woke” ou “woke-washing”?

Além de ser o passado de “wake” (acordar), “woke” tem ganhado um novo significado. Ele tem sido usado como um adjetivo para descrever a consciência em relação a questões sociais. Na internet, a hashtag #staywoke está se tornando cada vez mais popular.

  • Exemplo de uso: “I attended that college seminar on racism, now I’m really woke”.
  • Exemplo de uso: “I stay woke by reading and watching the news”.

A expressão “stay woke” nasceu dentro da comunidade negra e era usada para descrever aqueles que são autoconscientes, questionando os paradigmas de raça e lutando por algo melhor.

Entretanto, foi a partir de 2014 que ela começou a ser mais disseminada em decorrência do episódio trágico que levou à morte o jovem negro Michael Brown em Ferguson, no Missouri.

A partir de então, o termo “woke” passou a ser fortemente associado ao movimento Black Lives Matter, responsável por trazê-lo para uma audiência mais ampla, especialmente por meio das mídias sociais.

 

Documentário sobre o movimento Black Lives Matter

Como vários outros termos que nasceram na cultura negra e foram entrando no vocabulário geral, a gíria “woke” vem ganhando outros usos, que vão além da ótica racial. Ele pode ser usado, por exemplo, para falar da consciência sobre a questão de gênero ou mesmo sobre outros aspectos sociais.

Outra gíria que tem a mesma raiz é “woke-washing”, para designar quando a preocupação social é mais uma estratégia de marketing.

Exemplo de uso: “Isn’t this ad a bit woke-washing?”

Gostou de conhecer essas gírias? Continue acompanhando nosso blog para saber mais!

Comentários (0):

Your Email address will not be published.

Artigos Relacionados