Ir para o conteúdo

Blog da Cultura

Our Latest News

Como obter as certificações de Cambridge?

Ariane Carvalho
14 de maio de 2020

Você já ouviu falar sobre as certificações de Cambridge? Já pensou em estudar ou trabalhar em países como o Reino Unido, Canadá ou Nova Zelândia?

A Universidade de Cambridge é uma das instituições de ensino mais conceituadas de todo o mundo. O Cambridge Assessment English é um departamento não docente, que tem como foco oferecer certificações para quem deseja trabalhar ou estudar em países de língua inglesa.

Para atender às diferentes demandas dos alunos, empresas e governos, a universidade criou cinco provas principais, cada uma com um nível específico, do básico ao proficiente. Entenda como se preparar para os exames de Cambridge Assessment English!

Os tipos de certificações de Cambridge

Os testes de Cambridge são usados para diversos propósitos e são aceitos por governos e instituições de todo o mundo. Os exames podem ser fundamentais tanto para quem pretende fazer um intercâmbio no Reino Unido quanto para quem deseja mudar de vez e buscar emprego em um país de língua inglesa.

Para entender qual é a prova mais indicada para os seus objetivos específicos, é preciso conhecer um pouco melhor cada uma delas:

KET (Key English Test) – Nível básico

A prova KET é projetada para alunos que são novos no aprendizado de inglês e mostram que podem usar o idioma para se comunicar em situações simples. O exame é equivalente ao Nível A2 do Quadro Europeu Comum de Referência (QECR).

A prova é oferecida em duas versões, KET for Schools, para alunos em idade escolar e KET, para alunos adultos em geral e no ensino superior.

PET (Preliminary English Test) – Nível intermediário

O PET é uma qualificação de nível intermediário projetada para alunos que dominam o básico do inglês e têm habilidades linguísticas práticas para o uso diário do idioma. O exame é equivalente ao Nível B1 do Quadro Europeu Comum de Referência (QECR).

Esse teste também é oferecido em duas versões, PET for Schools, para alunos em idade escolar e PET, para alunos adultos de ensino geral e superior.

FCE (First Certificate in English) – Nível pós-intermediário

Essa prova tem por objetivo assegurar que os alunos têm as habilidades linguísticas necessárias para se comunicar com confiança em um ambiente de língua inglesa. O exame é equivalente ao nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referência (QECR).

Assim como os outros, esse teste também é oferecido em duas versões, FCE for Schools, para alunos em idade escolar e FCE, para alunos adultos de ensino geral e superior.

CAE (Certificate in Advanced English) – Nível avançado

O CAE é uma prova de desempenho de alto nível em inglês e é projetada para alunos que estão se preparando tanto para a universidade quanto para a vida profissional. O exame é equivalente ao Nível C1 do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (QECR).

O CAE foi desenvolvido em resposta ao feedback dos centros de idiomas de que havia uma diferença muito grande entre as qualificações agora conhecidas como FCE e o CPE (Proficiency).

CPE (Certificate of Proficiency in English) – Nível proficiente

Proficiency é a qualificação de nível mais elevado fornecida pelo Cambridge Assessment English e mostra que os alunos dominam o inglês em um nível excepcional. Ele corresponde ao Nível C2 do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (QECR).

Como estudar para os exames de Cambridge?

As provas são compostas por quatro exames, que cobrem todas as principais competências linguísticas (leitura e uso da linguagem, escrita, compreensão auditiva e conversação).

A capacidade de falar (speaking) e compreender o inglês (listening) será testada em todas as provas, mas os outros tópicos dependem do modelo de teste que você escolheu fazer. No site oficial da instituição (em inglês) você encontra todos os detalhes sobre as matérias específicas.

Em resumo, é fundamental que você pratique muito o idioma, principalmente a sua capacidade de ouvir e entender o que está sendo dito. Além disso, a pronúncia também é muito cobrada, já que ela é fundamental para sua comunicação no país que escolher morar ou estudar.

Quanto às partes escritas, os testes cobram muita interpretação de texto, por isso, leia! Torne a leitura em inglês parte do seu dia a dia, consultando jornais no idioma, como o The Guardian e o The Independent. Isso certamente fará toda a diferença em sua performance.

Defina seu objetivo antes de fazer a inscrição!

Um aspecto importante e que vale lembrar é que você deve determinar o seu objetivo antes de fazer a inscrição, já que o conteúdo muda de uma prova para a outra. Verifique na instituição de ensino ou na empresa onde estudará ou trabalhará qual o requisito para aceitação em de cada uma delas e comece a estudar!

Uma boa dica é começar os estudos muito antes de fazer a matrícula e buscar um curso, como os oferecidos na Cultura Inglesa, para testar suas habilidades.

Caso ainda tenha ficado alguma dúvida, procure a filial mais próxima da Cultura Inglesa ou acesse nosso site para mais informações!

Comentários (0):

Your Email address will not be published.

Artigos Relacionados