Ir para o conteúdo

Blog da Cultura

Our Latest News

4 dicas para você balancear o seu tempo de tela e ter uma rotina mais saudável

Cultura Inglesa
26 de abril de 2021



De acordo com uma pesquisa, o Brasil tem o terceiro maior tempo mundial de permanência na internet, com uma média de nove horas e 17 minutos por dia. A pandemia intensificou esses números relacionados ao tempo de tela, já que muitas atividades passaram a ser remotas – estudos, reuniões, encontros com amigos e família, e até mesmo o acesso a games e redes sociais como forma de entretenimento.

Será que podemos encontrar um equilíbrio entre o tempo de tela e as atividades fora dela? Essa certa dependência das telas nos torna reféns dos eletrônicos? Quais os benefícios e malefícios de passarmos, diariamente, tanto tempo conectados? São essas perguntas que vamos responder aqui, neste artigo. Fique com a gente para saber mais sobre o assunto! ?

 

Quais os impactos do aumento do tempo de tela?

Se antes da pandemia o tempo de tela já era alto, imagine agora? Com o isolamento social, pegando carona no que dissemos acima, muitas atividades que antes eram realizadas de forma presencial passaram a acontecer em frente às telas.

Devido a essa maior exposição aos eletrônicos, o corpo começa a dar sinais de que algo está saindo do controle. Desde problemas físicos aos emocionais acabam virando uma realidade. Quanto aos problemas físicos, os ligados à postura, à vista e à dificuldade para dormir são os mais comuns.

Além disso, o aumento do tempo de tela gera problemas emocionais. De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), há um risco, inclusive, de as pessoas desenvolverem a nomofobia, que é o medo de estar desconectado. Associado a isso, tem-se, também, um aumento nos casos de ansiedade e depressão, pois as pessoas têm uma maior necessidade de consumir informação. Todavia, muitas delas são as famosas “fake news”, o que só agrava o quadro.

É preciso, portanto, que busquemos um equilíbrio entre o tempo de tela e o tempo desconectados incluindo, em nosso dia a dia, atividades que podem – e devem – ser realizadas offline. Como é possível, então, balancear a rotina online com a offline? É justamente sobre isso que vamos falar agora! ?

 

Uso equilibrado da tecnologia

A tecnologia se aprimora a cada dia, com o surgimento de novas plataformas que auxiliam e facilitam a nossa rotina. Quem diria, há alguns anos atrás, que hoje poderíamos estudar e ampliar os nossos conhecimentos por meio da internet? Ou até mesmo falar com pessoas que estão do outro lado do mundo em apenas um clique? E fazer compras online, com o auxílio de um shopper? É real, e tudo na palma de nossas mãos!

É fato que os avanços tecnológicos facilitaram, e muito, o nosso dia a dia. Por outro lado, precisamos dosar o uso de tela de forma a encontrar um equilíbrio entre o uso consciente e o uso indiscriminado. Por exemplo, podemos colocar limites para o nosso tempo diário em frente às telas.Evitar o uso de aparelhos eletrônicos duas horas antes de dormir já é um bom começo. Inclusive, com essa atitude melhoramos a qualidade do nosso sono pois nos “desligamos”, literalmente.

Outra dica para quem precisa estar conectado durante a maior parte do dia é levantar-se de vez em quando para se esticar, beber uma água e ir ao banheiro. Mesmo que sejam muitas as atividades a serem realizadas, precisamos dessas pausas. Inclusive, elas são importantes aliadas da nossa produtividade, pois quando estamos muito tempo em frente a uma tela, talvez não enxerguemos soluções que podem estar ali, aos nossos olhos. É nesse momento de pausa que pode surgir o insight de que tanto precisávamos para dar continuidade a uma determinada tarefa. Nesse caso, 15 minutos podem valer mais do que 2 horas de tempo de tela, certo?!

 

Dicas para o seu momento offline

Quem não gosta daquele momento em família, em que todos, juntos, realizam uma determinada atividade? Uma boa dica é aproveitar para se reunirem e fazer aquela receita de dar água na boca! Outra forma de se divertirem é por meio da contação de histórias, de um jogo de tabuleiro ou, até mesmo, criando algo diferente. Por exemplo: vocês podem aprender, juntos, a fazer origami, ou, quem sabe, pintar um vaso de plantas, desenhar, brincar de mímica. As possibilidades são muitas, basta diminuir o tempo de tela e se deixar levar pelo mundo offline.

Inclusive, aproveitar o tempo livre dos eletrônicos para aprender uma segunda língua, como o inglês, também pode fazer parte da sua rotina. Sabe como? A gente dá as dicas!

 

Como aprender inglês fora do meio online?

Sabemos que cada um aprende melhor de uma determinada maneira, mas vale a pena, por todos os motivos que dissemos até aqui, aproveitar um tempinho fora das telas para aprender inglês. Let’s go!

 

1 – Ouça músicas em inglês

Sabe aqueles hits que não saem da sua cabeça e que você adora? Faça uma playlist com eles e deixe o som rolar. Precisamos “acostumar” o nosso ouvido e o nosso cérebro ao aprendizado de uma nova língua. Dessa forma, ligue o som e tente prestar atenção às palavras. Faça uma lista daquelas que você conseguir identificar e já comece a construir a sua lista de vocabulário. Ah, e se você não entender todas as palavras, não se preocupe, foque no “main topic”, ou seja, no conteúdo principal. Repita a sua playlist e solte a voz mais uma vez! ?

 

2 – Leia livros em inglês

Aqui, se você é iniciante no idioma, vale começar por livros que têm uma linguagem mais simples, com um vocabulário mais próximo ao que você já conhece. Mas nada de se acomodar, viu? À medida que for se aprimorando, parta para leituras mais densas de forma a adquirir cada vez mais vocabulário. Marque as palavras desconhecidas e as acrescente à sua lista. Depois, recorra ao dicionário e identifique as palavras que você não entendeu. ?

 

3 – Jogue games de tabuleiro

Os jogos de tabuleiro são excelentes ferramentas para você se concentrar no aprendizado e no aprimoramento do vocabulário e da gramática. Em alguns deles você precisa, por exemplo, repetir algumas frases-chave, que sempre aparecem. Scrabble é excelente para ser jogado em família. É um jogo de palavras cruzadas que vai ajudar você a aprimorar o seu inglês! Outro game bem bacana, dessa vez de cartas, que se assemelha ao “rouba montinho”, é o Go Fish. ?

 

4 – Converse com seus amigos e familiares em inglês

Tá aí uma ótima forma de praticar o speaking! Aproveite para frear o tempo de tela conversando com os amigos e a família em inglês. Se eles não entenderem, improvise. Faça mímicas do que quer comunicar, por exemplo. Aqui, o importante é não desistir. E você ainda vai ajudar as outras pessoas a aprenderem, com você, o idioma. Dessa forma, é bom para todos! ?

 

Qual atividade fora das telas você vai realizar?

Independentemente da forma escolhida, nunca é tarde demais para começar algo novo ou aprimorar algo que você deixou pra trás há algum tempo, certo?

Aprender inglês fora das telas vai ajudá-lo a aprimorar as suas habilidades no idioma e, ainda, ajudar na sua vida social, já que estará sempre trocando com os amigos e com a família!

E já que estamos aqui, por ora conectados, aproveite para ver a quantas anda o seu inglês. Faça o nosso teste de nível de inglês e descubra! ?

Comentários (0):

Your Email address will not be published.

Artigos Relacionados